[23.8.07]

[Esquadrão da Moda]

- Você acha bonito posar de pseudo-punk e sair de casa de saia de fru-fru, All Star florido de cano alto, meia arrastão com meia colorida listrada por cima, camisa rosa bebê e mochila de nylon vermelha? E ainda complementar a produção com maquiagem preta nos olhos e acessórios coloridos? Pois eu vou te contar um segredo: não é porque a Avril Lavigne usa que você também pode usar. Na realidade, se a Avril Lavigne usa você NÃO deveria usar. Principalmente quando você é uma senhora de mais de 40 anos.

- Já não bastasse usar a combinação infernal calça colada + vestido + bota por cima da calça, tem que colocar botas com cano super alto? Filha, isso não chegou nem a ser verdadeiramente moda em 80/ 90 quando a Xuxa usava, então desiste.

- Ok, já cheguei à conclusão que eu sou uma das únicas mulheres do mundo que não é fã das calças curtas, também conhecidas como "fui catar caranguejo no mangue". Até aceito quem usa, mas se você coloca essa calça com um bota de cano médio deixando aparecer parte da sua canela e um pedaço da sua meia da Reebok é too much information. Além de ser o cúmulo da breguice.

* O post pode parecer meio fútil (e é), mas são certas coisas que eu queria ter dito para umas figuras que vi andando hoje pela rua. Agradeço à Elvira Yoki que me faz lembrar delas e me fez rir com a sua visão bem-humorada da moda atual.


Por Lady Sith às [22:53]

5 comentários


[10.8.07]

[Como irritar um ser humano]

- Mantenha conversas de doido. Funciona assim: você liga e pergunta ao ser humano sobre determinado assunto. Ele te falará tudo que sabe e dirá que só terá novidades a respeito dali a alguns dias. Você ignora essa última parte e liga em meia hora para perguntar a mesma coisa. Ele dirá tudo igual ao que disse antes. Você ignora de novo e liga novamente em meia hora. Ad infinitum.

- Seja extremamente indeciso e peça a opinião do ser humano para resolver qualquer coisa, inclusive (e principalmente) aquelas que dependem apenas da sua preferência pessoal. Mas não basta pedir opinião, você deve decidir, desistir, decidir de novo, mudar de idéia, desistir novamente, escolher outra coisa... Ad infinitum. E deve manter o ser humano informado sobre cada etapa, mesmo que (e principalmente quando) ele não tenha demonstrado o menor interesse.

- Seja completamente incapaz de realizar um favor que o ser humano te pediu, mesmo aqueles mais simples, como pagar a conta do telefone. E quando ele questionar sobre você ter esquecido, é só se fazer de desentendido e dizer: "e você pediu, foi?".

- Exija que o ser humano resolva todos os problemas. Se a TV não pega ou o computador faz um barulho esquisito, chame-o, mesmo que ele entenda do assunto tanto quanto você. O ser humano tem que resolver tudo, desde como matar uma barata até colocar um fim nos conflitos na Palestina e reverter o processo de aquecimento global.

- Não admita que o ser humano gaste dinheiro com ele mesmo. E daí que ele vai para todo o lugar a pé para economizar o dinheiro do ônibus? Quem se importa que ele coma o mesmo pacote de biscoitos por três dias seguidos para não gastar com o almoço? Assim que ele tiver os caraminguás necessários para realizar o sonho de consumo, não pedoe. Diga que é um absurdo alguém torrar uma grana com aquela besteira.

- Mostre que você não dá o mínimo valor para o trabalho do ser humano. E aproveite uma reunião com o chefe para colocar na boca do pobre coitado palavras que ele nunca disse. Mas só palavras que gerem constrangimento para ele, que fique bem claro.

- O ser humano trabalha onde não queria, mora um lugar que não gosta e tem saudades das pessoas que estão longe e fica triste e chora às vezes por causa disso? Diga que ele é um fraco que te envergonha.

- Critique o ser humano em qualquer oportunidade, mesmo que não tenha motivos para isso. E faça também todos os itens acima. De preferência na mesma semana.

* É por essas e outras que estou cada vez mais convencida de que as pessoas existem com o único e exclusivo propósito de atrapalhar a minha vida. Também é por isso que sei que estou mais próxima de realizar meu objetivo: morrer de um infarto fulminante antes dos 25 anos.

** Meu nome é Mal-Humorada. Sobrenome: a Caminho do Colapso Nervoso. Prazer.


Por Lady Sith às [22:28]

5 comentários


Minha foto
Nome:
Local: Niterói, Rio de Janeiro, Brazil

[Mapas]

[Ficou para a História...]
Outubro 2005 Novembro 2005 Dezembro 2005 Janeiro 2006 Fevereiro 2006 Março 2006 Abril 2006 Maio 2006 Junho 2006 Julho 2006 Agosto 2006 Setembro 2006 Outubro 2006 Dezembro 2006 Janeiro 2007 Abril 2007 Maio 2007 Junho 2007 Julho 2007 Agosto 2007 Setembro 2007 Outubro 2007 Novembro 2007 Abril 2008 Maio 2008

[Outros Mundos]
  • Ana Martins
  • By Myself
  • Comentários Abertos
  • Drops da Fal
  • Dupla Acidez
  • Encontre o Peixe
  • Futilidade Pública
  • Garota Congelada
  • Garotas que dizem NI
  • Hollywood Blog
  • Idéias Mutantes
  • Idéias em Fuga
  • La Reina Madre
  • Nana Flash
  • Nana is Online
  • Para Francisco
  • Te dou um dado?
  • Uma Dose de Nigrinhagem
  • Welcome to my World




  • [Créditos]
    Hosted at Blogger

    ¤ Layout feito por Nana Flash